ESTADO

1º Encontro de Folias e Foliões de Monte do Carmoocorre neste final de semana

21/10/21 10:09:41 | Atualizado em: 21/10/21 10:09:41

Com apoio do Governo do Tocantins, por Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), Associação dos Foliões de Monte do Carmo realiza neste sábado e domingo, 23 e 24 de outubro, em formato híbrido, com apresentações ao vivo e transmissões pela internet, 1º Encontro de Folias e Foliões de Monte do Carmo. O evento celebra uma das principais tradições do Tocantins. O encontro dos foliões será na praça Alexandrino Pinto Cerqueira, no centro do Carmo, como é carinhosamente chamado o município da região central do Tocantins, será o local que receberá a estrutura e todos os protocolos de segurança para o evento.



Às tardes foram reservadas para o encontro e foliões e foliãs, além de outras apresentações como a Suça, o Tambor e o Projeto Veredas. Já as noites, começarão com sessão de cinema a céu aberto, com um telão montado no local, que exibirá a série de minidocumentários produzidos pelo projeto sobre elementos simbólicos da tradição foliã, além dos shows especialmente gravados por grandes nomes da música nacional. E para deixar a festa ainda mais bonita, todos os dias tem show ao vivo na praça além de apresentação de Congo e das Taieiras.



Para o foliã e organizadora do encontro, Rosa Amaral, que participa há décadas da Festa do Divino no município, a possibilidade de celebrar presencialmente essa tradição, que foi atingida pela pandemia da Covid-19, é de extrema importância para a comunidade e para todo o Tocantins também. “Os foliões são os mensageiros que acompanham o Divino Espírito Santo, levando a palavra de deus através dos cânticos e representando os discípulos de Jesus Cristo. Manter a cultura é um momento de alegria, um dos caminhos para viver em Cristo”, afirma.

O I Encontro de Folias e Foliões é fruto da Lei Aldir Blanc, executada pelo Governo do Estado do Tocantins, por meio da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), com o apoio do Governo Federal, através do Ministério do Turismo, da Secretaria Especial da Cultura, Fundo Nacional da Cultura. Para a realização do evento, a Associação de Foliões de Monte do Carmo também contou com a parceria da Prefeitura Municipal de Monte do Carmo.



Para o presidente da Adetuc, Jairo Mariano, o evento é de grande importância para preservação da cultura e história tocantinense. “ O encontro de Foliões de Monte do Carmo contribui para preservar e valorizar a cultura regional do nosso Estado, além fortalecer o turismo religioso e cultural”, considerou Mariano.




Programação

A programação começa no sábado, a partir das 14h horas, na praça central de Monte do Carmo, com o Encontro de Foliões e Foliãs, seguido de apresentação de Suça. Já às 19h serão exibidos no telão montado a céu aberto, uma série de minidocumentários sobre a cultura foliã, seguido do show gravado por Antista do Acordeón e Chiquinho Chocolate especialmente para o evento. Às 20h tem a exibição do show gravado pela dupla Zé Mulato e Cassiano, também especialmente para o Encontro de Folias e Foliões. Ainda no sábado tem show ao vivo na praça com a dupla Paulo Freire e Luciano e, na sequência, várias apresentações de música popular.



O domingo começa às 14h com mais encontro de foliões e foliãs na praça, seguido pela apresentação do Projeto Veredas. Novos minidocumentários serão exibidos no telão a partir das 19h, seguido do show gravado pelo rabequeiro Jeferson Leite. A partir das 20h tem apresentação ao vivo de Tambor, Congos, Taieiras e show de música gospel.



No canal do Youtube e Facebook Encontro de Folias e Foliões serão transmitidos toda a série de minidocumentários, além dos shows de Antista e Chiquinho Chocolate, Zé Mulato e Cassiano e de Jeferson Leite.



Para o presidente da Adetuc, Jairo Mariano, o evento é de grande importância para a preservação da cultura tocantinense. “ O encontro de Foliões de Monte do Carmo contribui para preservar e valorizar a cultura regional do nosso Estado, além fortalecer o turismo cultural e religioso”, considerou Mariano.





Sobre Monte do Carmo



Localizada a 89 km de Palmas, a cidade de Monte do Carmo é conhecida pelas suas tradições e crenças, que são referências a todo o estado do Tocantins, entre elas a Festa do Divino, uma comemoração popular que faz parte das tradições culturais e folclóricas brasileiras, que ainda são vivenciadas com muito vigor pelos carmopolitanos.


Anualmente, as celebrações se concentram na passagem dos grupos de foliões e foliãs, que visitam as casas dos fiéis em busca de donativos para a festa, enquanto abençoam o ambiente com a passagem da Bandeira do Divino, levando a mensagem de fé, agradecimento e esperança.
A história de Monte do Carmo remonta ao descobrimento das minas de ouro na região, na primeira metade do século 18. Em 1741, foi fundado o Arraial de Nossa Senhora do Carmo, na confluência dos ribeirões Matança (hoje Água Suja) e Sucuri.


A Igreja de Nossa Senhora do Carmo, localizada na Praça da Matriz no município de Monte do Carmo, é tombada como Patrimônio Cultural do Estado do Tocantins. Ela é ponto de partida das festas tradicionais locais, como o encontro das folias do Divino Espírito Santo, da Festa de São Sebastião e a Festa do Carmo, onde se comemora a padroeira, Nossa Senhora do Carmo, o Divino Espírito Santo e Nossa Senhora do Rosário.