Publicidade
Publicidade
Publicidade

ESTADO

Turismo é um dos pilares do projeto de integração entre Tocantins e Maranhão

22/07/21 17:24:56 | Atualizado em: 22/07/21 17:24:56

A ligação entre Tocantins e Maranhão é profunda. Envolve movimentos migratórios centenários e recentes, com forte influência na gastronomia, cultura e economia tocantinense. O turismo surge neste aspecto como importante condutor entre os dois estados. De um lado, registra considerável fluxo de visitantes, sendo as regiões turísticas do Bico do Papagaio e Vale dos Grandes Rios muito apreciadas pelos maranhenses. Por outro, a facilidade de acesso à Chapada das Mesas é um grande atrativo para os turistas tocantinenses, sem contar as viagens familiares.

Convidada pelo governador do Tocantins, Mauro Carlesse, e capitaneada pelo governador Flávio Dino, a presença da comitiva maranhense no Palácio Araguaia, ao longo desta quinta, 22, confirmou a intenção de estabelecer uma forte parceria entre os dois estados também no fortalecimento do desenvolvimento do turismo regional, a partir da formatação de roteiros integrando os estados vizinhos. “O turismo interno vive uma janela de oportunidade”, ressaltou Dino, em referência ao impacto da pandemia de Covid-19 nas viagens internacionais.

O governador do Tocantins, Mauro Carlesse, ressaltou importância da parceria no desenvolvimento de projetos integrados nas mais diversas áreas, incluindo o turismo. “Nós, gestores, temos obrigação de criar oportunidades para a população”, ressaltou, convidando os presentes a trazerem suas famílias para conhecer o Jalapão.



Intenções

Em seu pronunciamento, o presidente da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), Jairo Mariano, reafirmou a relevância da aproximação institucional entre os dois estados. “Temos interesse em ampliar nosso aproveitamento turístico, estimular a criação da rota de integração entre Serra das Mesas e o Jalapão e estimular o desenvolvimento de outros importantes atrativos, localizados na divisa com o Maranhão, favorecendo uma exploração consciente e sustentável”, pontou, citando o Monumento das Árvores Fossilizadas, em Filadélfia, a praia de Babaçulândia e as cachoeiras de Wanderlândia, além de Fortaleza dos Nogueiras (MA).

Mariano ainda elencou outras propostas da Adetuc, entregues oficialmente ao Governo do Maranhão na forma de Carta de Intenções, que propiciarão a elaboração em parceria de vários projetos, visando o fortalecimento do turismo, entre eles a futura abertura de concessão pública para exploração turística do Monumento das Árvores Fossilizadas, o fortalecimento do Turismo de Base Comunitária nas comunidades tradicionais, o cadastramento específico para agências/operadoras que comercializarem o roteiro, a promoção de marketing integrada.

O presidente da Adetuc também afirmou que as obras de infraestrutura realizadas pelos governos do Tocantins e Maranhão, incluindo obras de pavimentação no Jalapão e construção de ponte ligando os municípios de Filadélfia (TO) e Carolina (MA) fortalecerão o turismo regional.

Catulé Júnior, secretário de Turismo do Maranhão, enfatizou a importância do momento e da formatação de um roteiro integrado, citando a experiência exitosa da Rota das Emoções, que liga Jericoacoara (CE) aos Lençóis Maranhenses. “Temos um potencial grandioso, que levará desenvolvimento para essas regiões”, completou.