Publicidade
Publicidade
Publicidade

ESTADO

Araguaína suspende vacinação para grávidas por falta de vacinas

12/05/21 18:16:09 | Atualizado em: 12/05/21 18:16:09

A prefeitura e Araguaína informou que suspendeu a vacinação de mulheres grávidas e puérperas contra a Covid-19. O município explicou que tem apenas doses da vacina AstraZeneca.

A vacinação com essa vacina, produzida pela Fiocruz, foi suspensa na última terça-feira, 11, por orientação da suspensa por recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A partir de agora, apenas as vacinas CoronaVac e a Pfizer poderão ser utilizadas nesse público.Porém, a Vacina da pfizer foi disponibilizada apenas para Palmas e o imunizante Butantan está em falta em cerca de 80 cidades do Tocantins.


A suspensão da vacina pela Anvisa aconteceu após uma grávida de 23 semanas que morrer no Rio de Janeiro após ter sido imunizada com a vacina. O caso ainda está em investigação e não há comprovação de que o imunizante tenha causado o óbito.