Publicidade
Publicidade
Publicidade

NATURATINS

Cooperação técnica visa ação mútua nos cuidados de animais do Centro de Fauna do Tocantins

12/05/21 16:30:34 | Atualizado em: 12/05/21 16:30:34

Em 2021, o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) tem firmado cooperação técnica, para somar esforços em ações ambientais mútuas, com instituições e organizações. Com o Acordo de Cooperação Técnica (ACT) nº 001/2021, o Instituto e a empresa Agropecuária Anida Ltda assumiram o compromisso com ações mútuas de manejo, soltura e monitoramento de fauna silvestre vinculada ao Centro de Fauna do Tocantins (Cefau).

O Acordo assinado permite, por exemplo, a colaboração voluntária junto à equipe do Cefau, em ações de assistência à animais silvestres, como no recente atendimento ambulatorial da onça-pintada (Panthera onca). O ACT nº 001/2021, firmado em março deste ano, tem vigência de 24 meses contados da assinatura e não prevê repasse de recursos financeiros entre os cooperados.

“Essa cooperação nos permite receber a contribuição de uma parceira da fauna silvestre do Estado. O Cefau atende espécies silvestres em várias condições e monitora cada situação. Além de acolher e tratar, é avaliada a destinação adequada ao animal, seja para recinto de reabilitação, sobrevivência ou soltura no seu habitat na natureza. A parceria busca fortalecer as ações mútuas do Instituto realizadas através do Centro de Fauna”, Renato Jayme, presidente do Naturatins.

“A cooperação técnica é voluntária, não-remunerada. Contudo, me proporciona o sentimento de satisfação, por fazer o que gosto; e ao mesmo tempo, poder contribuir com a assistência à fauna silvestre do Tocantins, junto à equipe do Cefau, interagindo com profissionais da área que também prezam por essa satisfação”, Fernando Silveira, médico-veterinário e representante da Agropecuária Anida Ltda.

ACT

Nesse Acordo de Cooperação Técnica, o Naturatins visa cumprir o Plano de Trabalho e promover meios e mecanismos necessários e possíveis; fornecer dados ao parceiro para acompanhamento dos trabalhos; e supervisionar a execução das atividades da Pasta no Acordo.

A empresa vai promover mecanismos de desempenho de suas atividades nos moldes do ACT e do Plano de Trabalho; obter e manter vigentes licenças ou autorizações ambientais de execução das atividades e dar apoio aos cuidados de espécies acolhidas em sua propriedade.

Qualquer invento, aperfeiçoamento ou inovação tecnológica, obtenção de produto ou processo, fruto do Acordo, bem como obras científicas ou literárias, pertence a ambos.

Resgate de animal silvestre

A população oferece uma ajuda importante, mas o procedimento correto é solicitar resgate de um animal silvestre às equipes dos órgãos ambientais, o Cefau conta com a parceria do Batalhão da Polícia Militar Ambiental do Tocantins (BPMA-TO) através do telefone 190 e da Guarda Metropolitana através do telefone 153, basta telefonar e informar que o assunto é fauna para a ligação ser direcionada.

Entrega voluntária

A entrega voluntária de espécies silvestres que estão sendo cuidadas por um cidadão pode ser realizada na sede do Naturatins, obedecendo os protocolos de prevenção à Covid-19 e o uso de máscara. O Instituto encaminha o animal ao Centro de Fauna. Para segurança da população, somente equipes de órgãos ambientais têm autorização de acesso às dependências do Cefau, não sendo recomendada a tentativa de entrega voluntária direto na unidade.