Publicidade

ESTADO

Tocantins Parcerias reforça compromisso ambiental com coleta seletiva de resíduos recicláveis

07/04/21 15:07:27 | Atualizado em: 07/04/21 15:07:27

Nesta quarta-feira, 7, a Companhia Imobiliária de Participações, Investimentos e Parcerias do Tocantins - Tocantins Parcerias, empresa vinculada ao Governo Estadual, recebeu três contêineres para a coleta seletiva de resíduos recicláveis (plástico, papel e metal), que garantem o compromisso e a proteção ao meio ambiente. A solicitação foi realizada pela Companhia há mais de um ano, para que a Fundação do Meio Ambiente de Palmas implantasse o ecoponto.

O presidente da Tocantins Parcerias, Aleandro Lacerda, reforça a importância de ações que promovam a sustentabilidade. “Essa ação demonstra que estamos preocupados com a preservação ambiental, além de motivar nossos colaboradores a contribuírem com a coleta seletiva dos resíduos. Além disso, acarreta sustentabilidade econômica para as Associações de catadores de materiais recicláveis, que recolhem esse material e encaminham às indústrias de reciclagem”, assegurou.

Para orientar os servidores sobre as práticas de separação de resíduos sólidos, a Fundação do Meio Ambiente de Palmas irá ministrar uma palestra sobre o Programa Renova Palmas e fortalecer as ações ambientais. A palestra irá ocorrer por meio de plataforma digital, na próxima segunda-feira, 12, às 11 horas.

Para aqueles que desejam contribuir com a reciclagem, a Tocantins Parcerias está localizada na Praça dos Girassóis, Quadra 103 Norte, em frente à Secretaria de Estado do Planejamento e Orçamento e estará à disposição da população 24 horas por dia.

Coleta seletiva

Para colaborar com as Associações de catadores que coletam, separam, enfardam e vendem para as indústrias de reciclagem, o servidor deve separar o lixo por categorias: papel, papelão em geral, caixas de leite (ideal que se enxágue com água antes do descarte); plásticos/garrafas pets plásticas (refrigerantes, bebidas, frascos de amaciantes, detergentes, desinfetantes) e metais.

A Fundação do Meio Ambiente orienta que os materiais sejam colocados em sacolas plásticas, de acordo com seu tipo, e depositados no contêiner correspondente.