Publicidade
Publicidade
Publicidade

PALMAS

Educação do município reúne gestores para tratar da conclusão do ano letivo

01/12/20 21:38:15 | Atualizado em: 01/12/20 21:38:15

Encontro também serviu para tratar de mudanças no SIMPalmas e de encaminhamentos para 2021
Orientar as unidades educacionais quanto aos trabalhos desenvolvidos pelas equipes, assim como proporcionar um espaço de discussões, reflexões e busca de soluções para a educação da Capital. Foi com esses objetivos que a titular da Secretaria Municipal da Educação (Semed), Cleizenir Divina dos Santos, promoveu na manhã desta terça-feira, 1º, reunião com gestores das unidades educacionais de Palmas.

O encontro, realizado no auditório da ETI Anísio Teixeira e seguindo os protocolos de distanciamento e cuidados sanitários de prevenção à Covid-19, contou com a presença da secretária-executiva da pasta, Valéria Albino, diretores, gerentes e servidores da Semed. A secretária Cleizenir abriu a reunião repassando algumas orientações acerca das prioridades da pasta para a conclusão do ano letivo de 2020, bem como encaminhamentos para o novo ano letivo de 2021.

A gestora falou das responsabilidades dos diretores no exercício de suas funções, quanto à vida financeira, administrativa e pedagógica da escola. “É fundamental que o gestor acompanhe diretamente o fechamento das prestações de contas e que deixem as unidades organizadas para o encerramento do ano”, orientou.

Cleizenir ressaltou que a rede pública municipal está preparada para o retorno das atividades pedagógicas presenciais assim que as autoridades de saúde derem o sinal verde. “Nós já temos um Plano Pedagógico para 2021, mas o retorno das aulas, sejam elas de forma presencial ou híbrida, dependerá da autorização do Comitê de Operações de Emergência em Saúde (COE-Palmas-Covid-19)”, explicou, acrescentando todas as unidades educacionais estão devidamente equipadas com totens de álcool em gel, tapetes sanitizantes, lavatórios com pias e sabão líquido.

SIMPalmas

Outros assuntos importantes abordados na reunião foram sobre o Calendário Letivo de 2021 e sobre o Sistema Integrado de Matrículas de Palmas (SIMPalmas). Na oportunidade, a superintendente de Avaliação e Desempenho da Semed, Anice Moura, falou sobre as alterações no processo de matrículas, normatizadas por meio da Portaria nº 0730, de 18 de novembro de 2020, disponível aqui.

Segundo Moura, as principais alterações dizem respeito à ordem e ao peso dos critérios de classificação do sistema. “Antes a portaria era regulamentada por seis critérios de classificação e agora são apenas cinco. Também foi alterada a ordem desses critérios, sendo que agora o critério de maior peso passou a ser a unidade educacional mais próxima da residência do aluno.” Outra alteração importante é com relação à publicidade da pontuação de cada um desses critérios. “Residir no entorno da unidade educacional, por exemplo, tem peso de 20 pontos, priorizando assim os alunos que moram mais próximos da unidade que ofereça o seu nível d