Publicidade
Publicidade

De olho na política

Por Erica Lima

Coluna

25/10/21 10:03 | Atualizado em: 25/10/21 10:50

TOCANTINS

Wanderlei se encontra com Eduardo Gomes e movimenta bastidores






Wanderlei Barbosa (Sem Partido) teve uma agenda movimentada durante o seu primeiro final de semana de como govenador em exercício.

Ele esteve em Brasília, onde se reuniu, ainda no domingo com representantes do Ministério do Turismo e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para tratar de linhas de crédito para o fomento ao turismo tocantinense.

Sua passagem em Brasília, foi frutífera e criou um buchicho no meio político. Wanderlei Barbosa também encontrou-se com o senador Eduardo Gomes (MDB), líder do Governo Bolsonaro no Congresso, nome forte para a disputa do Palácio Araguaia no ano que vem e figura vista como principal adversário político do governador afastado Mauro Carlesse.

O encontro com os membros do ministério e com o senador tocantinense foram registrados e divulgados nas redes sociais do Governador em Exercício. A pauta da conversa entre Eduardo e Wanderlei não foi divulgada oficialmente, porém, nos bastidores circula informações de que uma possível aliança entre os dois começou a ser trabalhada.

A semana será de expectativas. O que se sabe é que Wanderlei deve realizar um grande evento do programa “Tocando em Frente” ainda esta semana. Ainda não foi divulgado a data e o local, mas os planejamento seguem.


21/10/21 15:33 | Atualizado em: 21/10/21 15:33

TOCANTINS

Wanderlei Barbosa mostra seu jeito político de ser em seu primeiro encontro com a imprensa





Wanderlei Barbosa começou a semana como vice-governador e terminará como governador em exercício. Como dizem os “analistas políticos” nas redes sociais: “O Tocantins é um eita atrás de um vixe!”.

Nesta quinta-feira, 21, depois do dia conturbado que culminou no afastamento de Mauro Carlesse, o que se viu foi um Wanderlei Barbosa tranquilo e exibindo o que ele tem de melhor: o jeito leve de fazer política.

Fez entrevista coletiva, ao lado de todos os secretários com intuito de pregar união e estabilidade. Aos que buscavam “se vingar” de alguma forma da gestão de Carlesse, Wanderlei deixou claro o recado: “Esse não será o governo da caça às bruxas”.

Ao que se percebe, os projetos vão continuar, incluindo o apoio aos municípios, foco do programa “Tocando em Frente” e metodologia no qual o governador em exercício se disse “entusiasta”.

 Wanderlei pretende dar continuidade às ações do Tocando em Frente, que teve seu primeiro evento formal realizado na semana passada em Talismã e que possui outros seis previstos para acontecer no interior do estado.

O gestor falou que já analisa os nomes que devem substituir os secretários afastados, não negou a possibilidade de uma reforma administrativa, mas destacou que não irá fazer mudanças bruscas no primeiro escalão. “Todos eles nunca deixaram de me atender, em momento nenhum, eu sou defensor do trabalho de cada um”, disse.

Wanderlei disse estar analisando os currículos e já teria alguns nomes para as vagas deixadas por Cristiano Sampaio, na SSP, e Claudinei Quaresmin, na Parcerias e Investimentos.

Carlesse deve ficar afastado por 180 dias ou enquanto durarem as investigações. Muitos não acreditam que ele consiga reverter a situação e voltar ao cargo, mas ninguém sabe o real futuro do Tocantins. O futuro pode reservar surpresas!







Fotos: Ademir dos Anjos

18/10/21 13:58 | Atualizado em: 18/10/21 13:53

POLÍTICA

Com cenário favorável, Eduardo Gomes vira nome forte na disputa pelo Araguaia em 2022





Não se pode negar que o senador Eduardo Gomes (MDB) está trabalhando para viabilizar a sua candidatura ao Governo do Tocantins nas eleições do ano que vem.
Gomes trabalha calado, atuando junto aos municípios e usando a sua influência para captar recursos para o Tocantins, o que tem fortalecido o seu nome no interior o estado.

Por onde se passa, o nome de Gomes está presenta nos agradecimentos do gestores dos municípios beneficiados.

Diferente de seus futuros adversários, o senador ainda não se autodeclarou candidato, mas nas ruas seu nome já soa forte como a principal figura política da atualidade no Estado.

O poder político de Gomes pode ser visto atualmente, no cenário, em que Ronaldo Dimas (Podemos) , Laurez Moreira (Avante), Edson Tabocão (PSD), Paulo Mourão (PT) e até Mauro Carlesse (União Brasil) já declaram as suas pretensões de disputar o Araguaia e pleiteiam o apoio do senador, que é líder de Bolsonaro no Congresso, é alvo de disputa.

Porém, todos os pré-candidatos sabem que Eduardo Gomes é um competidor forte na disputa. Adversários têm espalhado que ele tem feito um governo paralelo no interior já que tem atuado fortemente no municipalismo destinando recursos para infraestrutura. Esse trabalho, poderá contar positivamente na campanha de 2022.
Dizem aliados, que Eduardo já teve acesso a pesquisas e sabe que as condições para um candidatura coesa no ano que vem estão favoráveis. “Ele não perde nada se tentar, se perder, terá mais quatro anos garantidos no Senador”, disse um aliado durante evento político em Talismã.

Muitos acreditam que Gomes deve deixar seu partido na tentativa de viabilizar essa eleição, já que no MDB, Marcelo Miranda também deve pleitear a vaga.
Faltam pouco menos de um ano para o dia da eleição e até lá, muita água irá passar embaixo dessa ponte.





14/10/21 16:57 | Atualizado em: 14/10/21 16:57

ATUAÇÃO

Carlesse mostra sua força e popularidade em evento do Tocando em frente




O Governador Mauro Carlesse começou pelo Sul a cumprir a promessa feita ainda quando era presidente da Assembleia Legislativa: A consolidação do programa “Tocando em Frente”, que prevê o valor mínimo de R$ 1,020 milhão para cada cidade do estado foi lançada ontem, quarta-feira, 13, com sucesso na cidade de Talismã.
20 prefeitos estiveram no local. E o anfitrião, Diogo Borges, que também é presidente da Associação Tocantinense de Municípios (ATM) não economizou elogios para a ação de Governo. “O governo tem mostrado preocupação com os municípios”, dizia ele nas rodas de conversa.

Carlesse chegou e foi saudado por populares. Na entrevista de imprensa voltou a afirmar que é pré-candidato a reeleição, em busca do terceiro mandato, pois segundo ele, o mandato tampão não pode contar para a legislação.

O que aconteceu em Talismã foi um dos eventos com maior participação popular e menor presença legislativa. Dentre os deputados estaduais, apenas Olyntho Neto, Valderez Castelo Branco, Valdemar Junior, Antônio Andrade e Vanda Monteiro estiveram presentes. A participação dos federais foi ainda menos, apenas Carlos Gaguim acompanhou Carlesse.

Desde que o programa foi lançado, em julho deste ano, os prefeitos vinham cobrando de Carlesse o início das obras. O montante disponibilizado segue o regramento fruto da luta do governador, ainda quando era presidente da Assembleia, em que conseguiu mobilizar os deputados a dividirem, igualmente, os recursos do empréstimo da Caixa entre os municípios.

O empréstimo não foi efetivado, mas com os ajustes das contas públicas a gestão iniciou os investimentos com recursos do tesouro estadual, o que é comemorado pela equipe do primeiro escalão.

Agora, Carlesse promete que o programa chegará a todas as cidades e que 100 mil empregos diretos e indiretos serão gerados com a execução das obras.
 

27/09/21 10:51 | Atualizado em: 27/09/21 10:51

POLÍTICA

Após encontro com Tereza Cristina, Kátia testa negativo para a Covid-19





A senadora Kátia Abreu (PP-TO) anunciou neste sábado, 27, que testou negativo para a Covid-19.

A parlamentar fez o teste após a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, ser diagnosticada com a doença.

Kátia e Tereza Cristina se reuniram na última quarta-feira, 22. Na sexta, houve a confirmação de que o teste da ministra havia positivado.

Kátia Abreu teve Covid em novembro do ano passado. Na ocasião, ela chegou a ser internada no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.


23/09/21 09:17 | Atualizado em: 23/09/21 09:17

POLÍTICA

Evento reúne vereadores no Bico e movimenta política na região





Acontece nesta quinta-feira, 23, e na sexta-feira, 24, em Augustinópolis, a 2ª Capacitação Regional de Vereadores do Tocantins.

O evento é realizado pela União de Vereadores do Estado do Tocantins (UVET) e reúne parlamentares de todo o estado com objetivo de fortalecer a atuação do vereadores e prepará-los para as eleições de 2022.

A primeira edição aconteceu em Dianópolis em agosto deste ano.

Participações

Durante os dois dias, serão realizadas palestras sobre política, oratória, marketing e economia.

Já estão confirmadas as palestras do senador Irajá Abreu, Luiz Bioenérgio, Diego Brandão, José Roberto Torres Gomes, Deputado Amélio Cayres, Luiz Fernando Pires Machado e Marcos Emilio.

Confraternização

Na noite da última quarta-feira, 22, véspera do evento, foi realizada uma confraternização com as presenças do senador Irajá Abreu, que levou consigo o pré-candidato do seu partido ao Palácio Araguaia, Edson Tabocão; do ex-prefeito de Palmas, Carlos Amastha; além de prefeitos dos municípios da região norte do Tocantins.

22/09/21 15:18 | Atualizado em: 22/09/21 15:18

POLÍTICA

Com presença de presidente nacional, Laurez oficializa nesta quinta filiação ao Avante





Será realizada nesta quinta-feira, 23, a cerimônia de filiação do ex-prefeito de Gurupi, Laurez Moreira ao Avante.

O evento acontece na Assembleia Legislativa e contará com a presença do presidente nacional do partido, deputado federal Luis Tibé (MG).

Laurez se filia ao Avante após deixar o PSDB. Ele é visto como nome forte para disputar o cargo de governador do Tocantins nas eleições de 2022. “A cada dia os quadros políticos do Avante têm melhorado e tenho a convicção de que com a chegada de Laurez Moreira, e sua condução da sigla no Tocantins, teremos excelentes resultados nas próximas eleições. Desejo as boas-vindas e sucesso. Avante Tocantins!”, disse Tibé.

Já Laurez, disse que tem planos de estruturar o partido no Tocantins. “Daremos início a um novo caminho, que será construído com a participação de todos. Quero continuar rodando pelo nosso Estado, visitando os municípios e conversando com as pessoas para que possamos construir juntos um projeto que tenha a identidade do povo tocantinense”, destacou ele.

21/09/21 17:54 | Atualizado em: 21/09/21 17:54

EM ARAGUAÍNA

Em evento concorrido, Damaso se declara pré-candidato ao Governo do Tocantins





Foi realizado na noite da última segunda-feira, 20, em Araguaína, o l Seminário de Formação Política da Juventude do PSC. O evento contou com presenças de lideranças do partido e do deputado federal Osires Damaso, presidente da Sigla no estado.

Esse foi o primeiro evento oficial da sigla no Tocantins em que o deputado manifestou a sua intenção de disputar a vaga no Palácio Araguaia em 2022.
Damaso disse que quer ser um governador diferente, quer corrigir as distorções do passado e fazer política voltada para as pessoas. "Quero ser governador para implantar políticas públicas para os nossos jovens e crianças, incentivar a geração de emprego e renda, ajudar a agricultura familiar. O nosso Tocantins é promissor e tenho convicção de que, se for feito um trabalho sério, nós seremos exemplo para todo o Brasil”, afirmou.

O parlamentar tem buscado consolidar o seu nome para as eleições e já é visto como um dos pré-candidatos à substituir o governador Mauro Carlesse (PSL).
O evento de Araguaína foi bem prestigiado. Damaso contou com as presenças de lideranças e deputados estaduais de vários partidos, além de federais de outros estados.

Uma das figuras presentes foi o deputado federal Glaustin da Fokus (GO). Na ocasião ele destacou que a candidatura de Damaso é vista com bons olhos pela executiva nacional da sigla. “A política não pode ser uma forma de enriquecer, mas de transformar a vida das pessoas. Damaso é grande referência política não só para o Tocantins, como no Brasil. E não existe hoje nome melhor que o de Osires Damaso para governar o Estado. Estamos juntos abraçando o projeto do Damaso pelo Tocantins”, afirmou.



 

21/09/21 17:08 | Atualizado em: 21/09/21 17:08

POLÍTICA

Pré-candidato ao Palácio Araguaia, Paulo Mourão reúne artistas para traçar metas para seu Plano de Governo






Cerca de 30 profissionais ligados à cultura, entre atores, cantores, músicos, artesãos, produtores culturais e professores da UFT, participaram de um encontro com o pré-candidato a governador do Tocantins, Paulo Mourão (PT), na manhã desta segunda-feira, dia 21, no Hotel Rio Sono, em Palmas. Dentre os presentes estavam Éverton dos Andes, Dorivã, Mara Rita, Cícero Belém, Antista do Acordeon, Marco Aurélio Jacob, professora Kátia Flores, professor Waldecy Rodrigues, professor Ricardo Marcílio, professor George França. Até o renomado artesão Zé Fernandes, de 98 anos, fez questão de participar da reunião.

Os artistas puderam falar de suas dificuldades para exercer a profissão e da falta de apoio em eventos culturais por parte do governo. Alguns destacaram que até hoje estão sem receber por serviços prestados ao Estado.

Todos puderam falar e dar sugestões sobre o que pode ser feito para valorizar a cultura tocantinense e os artistas locais. Alguns artistas lembraram da época em que Paulo Mourão foi prefeito de Porto Nacional e de como valorizou a cultura e os artistas. Mestre Nona citou a criação do projeto Batuque do Povo que ele próprio esteve à frente. “Na gestão Paulo Mourão tinha o Festival da Canção que nem existe mais”, observou.

Em uma reunião virtual anterior pela plataforma zoom, no dia 18 de agosto, Paulo Mourão já havia participado de um debate sobre a cultura do Tocantins, quando os artistas discutiram propostas para o plano de governo. Este encontro teve ainda a presença do escritor Hamilton Pereira, o Pedro Tierra. Neste novo encontro o debate foi ampliado.

Dentre as sugestões apresentadas pelos artistas para fortalecer as políticas culturais estão a valorização das culturas populares, tradicionais e urbanas; revisão e implementação do Plano Estadual de Cultura; criação de uma Lei Estadual de Incentivo à Cultura, inventários dos bens patrimoniais materiais e imateriais do Tocantins, para fins de preservação; criação de políticas de fortalecimento e apoio às comunidades tradicionais, povos indígenas e quilombolas; política de desenvolvimento das artes; apoio às redes de pontos de cultura; restabelecer o Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas e modernizar o acesso à população; reativar os festivais Cantocantins, Festival Estadual de Teatro e Dança do Tocantins; criar programa de incentivo à leitura; e retomar o Salão do Livro no Tocantins.

Paulo Mourão compartilhou o pensamento de um projeto de desenvolvimento em que a cultura esteja inserida. “Se você observar os países adiantados, é impressionante, a cultura é o ponto de saída da parte econômica, do turismo, a cultura entra no processo da produção”, destacou.

Um dos compromissos do pré-candidato com os artistas é o de criação do Conselho de Desenvolvimento Econômico, Cultural e Social do Estado do Tocantins e ainda do ICMS Cultural, que vai incentivar a produção cultural nos municípios.


20/09/21 11:48 | Atualizado em: 20/09/21 11:48

POLÍTICA

PSC discute empreendedorismo em seminário para a juventude






O deputado federal Osires Damaso (PSC) usou as redes sociais para convidar correligionários e simpatizantes para participar do 1º Seminário de Formação Política da Juventude da Sigla.

O evento está previsto para acontecer nesta segunda-feira, 20, das 19h às 21 horas na sede do Serviço Social do Comércio (Sesc), em Araguaína.

O objetivo do evento é debater empreendedorismo e a participação da juventude na política. O evento é aberto a participação popular.


16/09/21 10:47 | Atualizado em: 16/09/21 10:45

POLÍTICA

Após deixar PSDB, Laurez Moreira deve oficializar sua adesão ao Avante no dia 23






Depois de deixar o PSDB, o ex-prefeito de Gururpi, Laurez Moreira, anunciou que deve se filiar ao Avante. A oficialização da adesão, acontece na próxima quinta-feira, 23, em cerimônia que será realizada na Assembleia Legislativa.

Laurez é pré-candidato ao Palácio Araguaia e sua adesão ao nanico, com pouca representatividade no Tocantins tem como objetivo estruturar o partido para as eleições do ano que vem e fortalecer sua corrida ao Governo do Estado.

O evento em Palmas começa às 9h e será conduzido pelo presidente nacional do Avante, deputado federal Luis Tibé. "É uma honra para o Avante poder contar com pessoas com a experiência do Laurez, que já foi prefeito por dois mandatos, deputado estadual e federal. A cada dia os quadros políticos do Avante têm melhorado e tenho a convicção de que com a chegada dele e condução da sigla no estado do Tocantins teremos excelentes resultados nas próximas eleições. Desejo as boas-vindas e sucesso. Avante Tocantins!", disse Luis Tibé.

Para Laurez, o Avante é um partido com ideias inovadoras e um novo conceito de fazer política, de maneira moderna, eficiente e com o foco nas pessoas. “O Avante é um partido progressista, com o olhar na modernidade e principalmente com o foco nas pessoas. Essa é a política que acredito e que exerci durante toda minha vida pública. Assumiremos o Avante no Tocantins com o compromisso de fazer do partido uma grande força política no Estado, levanto a proposta do Avante para todas as cidades tocantinenses, para construirmos juntos um projeto para o Tocantins que tenha a cara e o jeito do nosso povo”, acrescentou Laurez Moreira.

 

15/09/21 11:08 | Atualizado em: 15/09/21 11:08

POLÍTICA

Aos 81 anos, ex-governador Moisés Avelino passa por cirurgia para reconstrução do fêmur





O ex-governador e ex-prefeito de Paraíso, Moisés Avelino, de 81 anos, passou por uma cirurgia essa semana para reconstrução do fêmur em decorrência a um câncer no local.

De acordo com informações de familiares, ele foi operado no Instituto Ortopédico de Palmas (IOP) na última segunda-feira, 13, e o procedimento foi um sucesso.
O ex-gestor passa bem e devem receber alta ainda nesta quarta-feira, 15.

Em 2019, quando estava à frente da prefeitura de Paraíso, Moisés Avelino precisou se ausentar para se dedicar ao tratamento da doença.
 

10/09/21 10:57 | Atualizado em: 10/09/21 10:57

POLÍTICA

Fusão do DEM e do PSL será formalizada dia 21 e colocará Carlesse e Dorinha em rota de impacto





Já está confirmado que o DEM e o PSL irão se fundir em uma única sigla. Ainda não há uma definição do nome da nova legenda, mas a formalização dessa fusão será feita no dia 21 de setembro, conforme antecipou o site PORDER360.

As duas siglas já começaram a atuar de forma agrupada. Após as manifestações do dia 07, uma nota assinada por ambos, repudiou os discursos feitos pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nas manifestações em Brasília e em São Paulo.

No Tocantins, muito têm se falado sobre o impacto dessa fusão no cenário político estadual. Nos bastidores muitos falam que a fusão colocaria a deputada federal Dorinha Rezende e o governador Mauro Carlesse em rota de impacto.

O questionamento é: Quem pegaria o comando do novo superpartido aqui no Estado?

Carlesse deixou o DEM no início de abril deste ano e uma semana depois anunciou a sua filiação ao PSL. Na época, após um acordo com a executiva nacional, ele assumiu o comando do partido no estado, substituindo a deputada estadual Vanda Monteiro, que foi rebaixada a presidente do PSL Mulher.

Dorinha e Carlesse chegaram a disputar o comando do DEM no Tocantins em 2019, mas a deputada federal, por ter mais tempo de casa, levou a melhor.
O desenrolar dessa história só será conhecida após o dia 21.
 

09/09/21 12:19 | Atualizado em: 09/09/21 12:19

POLÍTICA

Licenciado desde 30 de junho, Lacerda do Gás volta à Câmara e Picó deixa a Casa





O vereador Lacerda do Gás (PSB) antecipou o seu retorno à Câmara Municipal de Palmas.

O parlamentar, que havia se licenciado no dia 30 de junho por motivos de saúde, protocolou seu pedido de retorno na última quarta-feira, 08, feriado estadual.

Com seu retorno, o primeiro suplente do partido, Epitácio Brandão Filho, conhecido como Picó, deixa a Casa.

A Câmara de Palmas possuiu três vereadores licenciados, além de Lacerda do Gás, também estão afastando os vereadores Rogério Freitas (MDB) e Júnior Brasão (PSB).



08/09/21 10:48 | Atualizado em: 08/09/21 10:48

POLÍTICA

Cúpula do MDB está sendo pressionada a tirar Gomes da liderança de Bolsonaro no Congresso





O site O Antagonista trouxe ontem, terça-feira, 07, a notícia de cúpula do MDB está sendo pressionada para obrigar seus integrantes a entregar as funções de liderança do Governo.

Na lista está o senador tocantinense Eduardo Gomes, que assumiu a liderança do Congresso em 2019, e o senador pernambucano Fernando Bezerra, é líder de Bolsonaro no Senado desde o início da gestão.

Pressão

De acordo com as informações, a pressão tem aumentado dia após dia. A Juventude Nacional do MDB já teria feito uma carta solicitando que os líderes entreguem as funções imediatamente.
O partido defende uma candidatura própria em 2022. O nome escolhido para a disputa é o da senadora Simone Tebet, do Mato Grosso do Sul.


31/08/21 16:36 | Atualizado em: 31/08/21 16:14

POLÍTICA

Tabocão, Irajá e Dimas se encontram para discutir elaboração de projeto conjunto





Nesta terça-feira, 31, Araguaína sediou o encontro entre o ex-prefeito da cidade Ronaldo Dimas (Podemos) e o empresário Edison Tabocão (PSD). Os dois são pré-candidatos ao Governo do Tocantins.

O encontro foi intermediado pelo senador Irajá Abreu (PSD) e na pauta estava a elaboração de um projeto de geração de empregos e de desenvolvimento para a população tocantinense.

O grupo também conversou sobre o cenário político e econômico do estado e se comprometeu a se unir para buscar o diálogo com outras lideranças políticas e empresariais em prol de uma nova agenda para o Tocantins.

A reunião também contou com a presença do vereador Terciliano Gomes, visto como nome forte para a disputa por uma das cadeiras na Assembleia durante as eleições do ano que vem.