Publicidade
Publicidade

ASTRI

Prefeitura e Associação de Moradores do Taquari assinam termo de cessão de sala da Base Comunitária

A solenidade de assinatura ocorreu na manhã desta terça-feira, 24

24/05/16 14:51 | Atualizado em: 24/05/16 14:51

Júnior Suzuki
A Prefeitura Municipal de Palmas e Associação Comunitária de Moradores de Taquari (ASTRI) celebraram um termo de cessão para melhor gerir a base comunitária do setor Taquari. A solenidade de assinatura ocorreu na manhã desta terça-feira, 24, na Base Integrada de Segurança Comunitária do Taquari.
 
Segundo explicou o secretário municipal de Segurança e Defesa Civil, Francisco Viana, a cessão de uma das salas da Base para a associação vai contribuir para o melhor atendimento à população. “A Guarda sempre esteve presente na base, mas necessitava fazer os trabalhos de ronda no setor, e agora com a associação presente na base é mais uma contribuição para o melhor atendimento a população”, disse o secretário.
 
Para o presidente da Associação de Moradores de Taquari, Gutemberg Viera, a parceria com a Prefeitura é fundamental para buscar melhoria para o setor, a exemplo desta parceria. “Uma associação para funcionar precisa manter o diálogo com o poder público, e hoje o Taquari está ganhando muito. É uma nova realidade que está acontecendo no setor”, enfatizou o presidente.
 
Em seu discurso o prefeito Carlos Amastha ressaltou que hoje o Taquari deixou de ser apenas um apêndice da Capital, destacando que a presença do gestor é importante para entender às necessidades dos moradores. “Tenho acompanhado de perto às necessidades do setor, e para mim o Taquari é um desafio, e por isso já temos planejamento para a realização de importantes obras no setor, como a ligação a Taquaralto, Distrito Industrial e Agrotins e pavimentação do setor”, disse o gestor.
 
O gestor municipal também ressaltou a importância da proximidade da comunidade com a gestão para o desenvolvimento do setor. “São às vezes pequenas ações que trazem a melhoria para a comunidade, e esta associação presente na base poderão trazer pequenas demandas da população, mas que são fundamentais para a comunidade”, enfatizou Amastha.