Publicidade

INVESTIMENTO

Turismo cresce na Capital impulsionando o trade turístico

Em 2016 serão 10 novos hotéis

24/05/16 10:57 | Atualizado em: 24/05/16 10:57

O turismo na Capital tem sido uma das molas propulsoras do desenvolvimento econômico da cidade, alavancando os diversos segmentos que vão desde o turismo de eventos e negócios, estes em crescente expansão, o que faz alavancar também os setores do turismo de lazer na Capital. O que tem sido compreendido por diversos setores da economia local, como o expressivo crescimento do setor hoteleiro.
 
Por isso, o fomento do turismo de negócios e eventos, um mercado que se expande na Capital é uma das metas do município de Palmas que tem buscado incentivar essa que já é a vocação da cidade. Para isso a Prefeitura tem realizado e apoiado eventos em feriados e períodos que tradicionalmente há pouca demanda por hospedagens, melhorando consideravelmente a ocupação hoteleira na Capital, bem como o crescimento da demanda a todo o trade turístico.
 
A Capital somente neste ano de 2016 contará com mais dez novos hotéis, onde o número de vagas passará de 2.500 para seis mil vagas, além da ampliação de alguns já existentes. “O turismo de negócios e os grandes eventos realizados pela Prefeitura são um dos responsáveis por atrair estes novos empreendimentos para a Capital”, afirma o presidente da Agência Municipal de Turismo (Agtur), Cristiano Rodrigues.
 
Segundo o proprietário de um dos novos empreendimentos este ano, Marcos Rocha, uma das motivações para realizar este novo empreendimento é por acreditar que apesar da crise nacional, a Capital do Tocantins é lugar que propicia bons negócios nesse ramo. “Por acreditar neste lugar, investimos mais de 15 milhões de reais nesta obra de 6.660m², sendo quase dois milhões de reais pagos em salários diretos e mais de um milhão de reais em encargos sociais que beneficiaram diretamente nossos colaboradores”, enfatizou Rocha.
 
“Sabemos que nossa vocação é o turismo de negócios e para ampliar esse mercado estamos colocando nosso Centro de Convenções em funcionamento, trazendo novos eventos e priorizando para os grandes eventos da cidade os períodos em que a ocupação é baixa, exemplo do Festival Gastronômico de Taquaruçu que transferimos para o feriado de 07 de setembro”, ressalta o presidente da Agência de Turismo de Palmas, Cristiano Rodrigues.
 
E, além de contar essa nova extensa rede hoteleira para receber os turistas, a Capital também dispõe de uma série de equipamentos turísticos para que estes visitantes possam estender suas viagens, proporcionando lazer e gerando renda aos comerciantes locais, pois na Capital poderão desfrutar de uma grande variedade de opções turísticas que Palmas oferece, desde turismo de aventura ao turismo de contemplação, além de uma rica gastronomia, que pode ser conferida nas grandes feiras cobertas da Capital, distribuídas estrategicamente em toda a cidade.


No centro da cidade, encontra-se o Lago de Palmas com fácil acesso, que hoje desponta como um importante cenário para a prática de atividades náuticas e principalmente para a pesca esportiva no Brasil, além de proporcionar aos visitantes belas praias artificiais, que podem ser visitadas o ano inteiro.


Já o distrito de Taquaruçu, que fica cerca de 30 km de Palmas, vem se destacando no ecoturismo e o turismo de aventura, além de proporcionar aos visitantes confortáveis pousadas, onde poderão aproveitar para conhecer cachoeiras, trilhas ecológicas, fazendas restaurantes. Além do clima serrano e bucólico do distrito, os visitantes podem aproveitar o momento mágico nas cachoeiras para exercitar, fazer rapel com segurança, dentre outras atividades. É, literalmente, um banho de lavar a alma.


A tirolesa Voo do Pontal é também um espetáculo à parte, fazendo um percurso que sobrevoa o Vale dos Buritis, na região Sumidouro, percorrendo o total de 1300 metros. Segundo os responsáveis pelo atrativo, é considerada uma das cinco maiores tirolesas do País, e toda estrutura obedece às exigências de segurança em cabos duplos.

 
Festival Gastronômico
A gastronomia também é considerada um atrativo à parte. É possível encontrar vários restaurantes, com uma decoração rústica e aconchegante. Além disso, oferecem um cardápio com comida caseira, com pratos típicos, como a galinha caipira, pirão, entre outros.
 
No distrito também acontece no mês de setembro o tradicional Festival Gastronômico de Taquaruçu, que este ano está na sua 10ª edição. O festival consiste em valorizar os ingredientes da culinária regional e a criatividade na elaboração dos pratos, que disputam entre si, os melhores pratos do festival, e também são disponibilizados para comercialização durante o evento.


E, em busca de fortalecer o turismo do distrito, por meio da valorização da comunidade local, a Prefeitura de Palmas em parceria com o Sebrae Tocantins, estão realizando o “Projeto de reestruturação Turística de Taquaruçu”, e nesta primeira etapa será a realização de um diagnóstico, que deverá identificar oportunidades, contemplar o cenário atual de atendimento ao turista e as necessidades de regulamentação do setor.


Além disso, visa incluir o mapeamento georreferenciado dos atrativos naturais e seus acessos, atualizar a descrição das características físicas, nível de dificuldade de trilhas de acessos, elaborar capacidade de carga dos atrativos, do fluxo de pessoas e a construção de destinos turísticos para orientar o desenvolvimento das potencialidades.


A partir dos dados levantados pelo diagnóstico, serão desenvolvidas ações de relevância e eficácia junto à comunidade. Essa atuação será com ênfase na formação e fortalecimento de redes de empreendedores, articulando parcerias locais e identificando novas oportunidades de atuação, além de orientação aos empreendedores e disseminação de conhecimento.


O prefeito Carlos Amastha ressalta a importância de investir no potencial turístico do distrito de Taquaruçu como fomentador da economia local.  “Taquaruçu merece uma programação diária que não seja apenas de visitar suas belas cachoeiras e clima maravilhoso, mas principalmente que o turista possa ficar no distrito, e possa utilizar os serviços de todo o trade turístico e o Festival proporciona isso. Queremos ampliar estes eventos para que isso ocorra mais vezes por ano, para que possamos manter aos moradores do Distrito esta opção econômica, por meio do turismo, agregando também o artesanato e o ecoturismo que são um grande negócio, e também o que Taquaruçu tem e muito para oferecer”, ressalta Amastha.