Publicidade
Publicidade

POLITICA

Justiça nega habeas corpus e Raul Filho continua com direitos politicos suspensos

Decisão foi publicada hoje

17/05/16 11:25 | Atualizado em: 17/05/16 11:25

O ex-prefeito Raul Filho não conseguiu obter habeas corpus contra a sua condenação por crime ambiental e permanece com seus direitos políticos suspensos.

O recurso com o pedido do remédio constitucional foi impetrado pelo advogado de Filho e recusado ontem pela juíza do Tribunal Regional Federal (TRF) Rosimayre de Carvalho.

Com a decisão, Raul terá que cumprir a pena imposta em 2012 que prevê, além do pagamento de multa e prestação de serviços à comunidade, a impossibilidade de votar e ser votado.  O habeas corpus não foi aceito porque,  segundo a juíza, o processo já transitou em julgado e não há como impedir o cumprimento da pena através do remédio constitucional.

A decisão foi publicada no Diário da Justiça de hoje. A ilegibilidade de Raul Filho permanece até o cumprimento da pena.