Publicidade
Publicidade

PDRIS

Consultores do Banco Mundial avaliam andamento do PDRIS

O projeto beneficia serviços de pavimentação e melhorias de rodovias

16/05/16 15:39 | Atualizado em: 16/05/16 15:39

Elizeu Oliveira
O andamento do Programa de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS) voltou a ser avaliado pelo Banco Mundial com o Governo do Estado. Uma equipe de 10 consultores começa a verificar se as propostas estão sendo cumpridas, mas Governo e Banco já reconhecem que está havendo avanços significativos na execução do projeto. Somente este ano foram investidos 8% contra 11% de três anos e o estado conseguiu agora classificação satisfatória. Para o governador Marcelo Miranda as ações que estão sendo executadas já mudaram a realidade do Tocantins. O projeto beneficia serviços de pavimentação e melhorias de rodovias. O trabalho já foi iniciado informa o secretário da Infraestrtura, Sergio Leão. 
 
De acordo com o gerente do PDRIS no Banco Mundial, Satoshi Ogita, até agora, 50% do orçamento total foi aplicado. O desempenho foi muito bom e está avançando bastante. 
 
As ações na área da educação também foram citadas como avanços. O Banco Mundial citou reforma de escolas e capacitação de professores. Para o secretário da Educação, Adão Francisco, o desafio foi atualizar as metas para o PDRIS. Agora está colhendo os resultados. 
 
O Programa  de Desenvolvimento Regional Integrado  e Sustentável - PDRIS, prepara o  Tocantins para um novo crescimento econômico.  O Banco Mundial investe 375 milhões de dólares no Projeto e 80% é destinado à malha viária, o restante, para educação, meio ambiente, planejamento; no total, oito áreas.