Publicidade
Publicidade
Publicidade

CURTE ARTE EM CASA

Artes visuais são destaques de novos projeto

09/07/20 08:13:36 | Atualizado em: 09/07/20 08:13:36

ma oficina de arte usando Stencil e um atelier de artes visuais ‘digitalizado’ são alguns dos projetos disponibilizados nesta quarta-feira, 08, pelo projeto ‘Palmas Curte Arte em Casa’ no site www.curtaspalmas.com.br, em que também está disponível, para acesso gratuito, projetos de música, artes visuais, cultura popular, audiovisual, cursos e oficinas, entre outros.

O ‘Palmas Curte Arte em Casa’ selecionou 150 projetos de artistas de Palmas para exibição online, resultando em apresentações musicais de interpretes e autorais, cursos e oficinas, palhaçarias, curtas metragens, entre outros projetos que demonstram a diversidade da produção cultural local. O objetivo é fomentar a cultura e auxiliar os artistas locais durante o período da pandemia por Covid 19.

Confira os novos projetos

‘Saudade é Divisão’, Mateus Massoli.

Sinopse: ‘Saudade é Divisão’, de Mateus Massoli é a música que deu nome ao projeto, em que o músico tenta mostrar a nossa atual realidade, onde a divisão é forçada por questões até mesmo de vida. Onde a saudade mais saudade elevada ao cubo é a matemática, (amar-temática da paixão).

‘Duo Alento’, Diego Vicente e Matheus Mancine

Sinopse: O ‘Duo Alento’, formado por Diego Vicente e Matheus Mancine apresentam canções autorais de melodias marcantes e com significado pessoal. “Criamos um projeto de maneira simples, mas como maior responsabilidade de tocar as pessoas”. Música autoral para tocar a alma.

‘Canto no meu Canto’, Frederico Garibalde

Sinopse: A proposta do vídeo é oferecer canções autorais a maioria inéditas que retratam coisas cotidianas através de um vídeo no formato live. O músico interpreta várias faixas autorais as quais destaca os títulos: Além de Hit De Bob, Sabor De Saudade, 7 Chaves, Flecha Na Seta, Voar, Quebra Cabeça.

‘MPB, Voz e Violão’, Lucas de Jesus

Sinopse: Tocar alguns dos maiores sucessos da música brasileira em um formato intimista e em casa. Fazendo uso apenas da voz, violão e outros instrumentos gravados em programas de computador.

‘Amor Primeiro’, Núbia Dourado

Sinopse: A cantora Núbia Dourado gravou no jardim da sua casa, um show cantando 10 canções do seu último álbum ‘Finos, Versos e Canções’. Uma proposta com o objetivo de contribuir através da música na difusão das riquezas culturais do Tocantins

‘Stencil - Produza arte em casa durante o isolamento social’, Bruno da Silva Cordeiro

Artes Visuais

Apresentação: Oficina de stencil que pretende difundir essa linguagem como forma de produção artística. Os participantes aprenderão a produzir moldes e aplicar a tinta em diferentes superfícies, utilizando uma variedade de aplicadores, como por exemplo, tinta spray, esponja, pincel e rolinho.

‘Bambas do Cerrado não irão a roda, ficarão em casa’, Vilmar Alves Medrado

Cultura Popular

Apresentação: O objetivo é criar e difundir pontos de vivência da capoeira por meio das mídias digitais com oficinas de movimentação e musicalidade. Capoeira: Linguagem corporal e musical.

Serão os seguintes conteúdos programáticos: alongamento, aquecimento, descolamento e fintas, entrada e saídas (golpe e contragolpe); defesa pessoal e dicas de instrumentalidade: toques de pandeiro e atabaque.



‘Ateliê ao Cubo’, Antônio Netto

Artes Visuais

Sinopse: ‘Ateliê ao Cubo’, nome dado a este projeto, é hoje o espaço físico idealizado pelo artista Antônio Netto em 2014, época que decidiu dedicar-se exclusivamente a produção de obras de arte, cursos e oficinas. Nele o artista cria trabalhos, realiza encontros informais com produtores culturais locais e artistas, onde são discutidos desde o trabalho individual de cada um, como também projetos, editais em andamento e trocas de conteúdo e experiências entre os que participam. Neste canal, o artista migra seu trabalho para o ambiente virtual, transformando seu ateliê físico em digital, buscando maior visibilidade, com a democratização do acesso, possível por pessoas de qualquer lugar do mundo.