Publicidade
Publicidade

CORONAVÍRUS NO TOCANTINS

Governo já atendeu mais de 180 mil famílias com entrega de cestas básicas

30/06/20 20:52:53 | Atualizado em: 30/06/20 20:52:53

Nesta semana, mais de 4 mil famílias serão beneficiadas com a ação de entrega de cestas básicas do Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas), nos municípios de Miracema, Colmeia, Xambioá, Axixá, Palmeiras, Itaguatins e Araguaína. A entrega das cestas, nesses municípios, inicia nesta terça-feira, 30. Os recursos são oriundos de emendas parlamentares de deputados estaduais.

A família do condutor ambiental e empresário no ramo do turismo, Geano Machado, uma das afetadas com o fechamento do parque turístico do Jalapão, em consequência da pandemia da Covid-19, também foi beneficiada com a ação de entrega de cestas básicas. “Vivo do turismo. O fechamento do turismo, na região, está sendo muito difícil para a maior parte das pessoas que vivem da atividade. Temos dificuldades em pagar aluguel, água, luz, telefone e internet, entre outros. A ação mostra que o Governo do Tocantins tem um apreço muito grande pela categoria”, afirmou.

Balanço

O gestor da Setas, José Messias Araújo, informou que o Governo do Tocantins está atendendo todas as camadas da sociedade, dentro do projeto do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep-TO), e também das emendas parlamentares do estado do Tocantins. “Já são mais de 180 mil famílias beneficiadas, em todos os municípios do Estado”, afirmou.

As equipes do Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social, e instituições parceiras, seguem trabalhando na ação de entrega de cestas básicas, em todo o Estado, para as famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social e os trabalhadores atingidos economicamente pela pandemia do novo Coronavírus. “Desde o mês de março, as equipes da Setas, junto com parceiros, vêm cumprindo a determinação do governador Mauro Carlesse, que é para atender todas as famílias impactadas pelo isolamento social, decorrente da pandemia”, reafirmou José Messias Araújo.

O gestor reforçou que as equipes da Setas têm cumprido rigorosamente a determinação do governador Mauro Carlesse, para que as cestas cheguem na casa de cada família que está precisando. “A ação é um trabalho contínuo, com entregas feitas nas casas das famílias, de forma que chegue a cada pessoa que necessite de alimentos, nesse momento”.

A ação executada pelo Governo do Tocantins, por meio da Setas, teve início com o Decreto n° 6.070, de 18 de março de 2020, em que o governador Mauro Carlesse determinou situação de emergência no Tocantins em virtude dos impactos do novo Coronavírus.

Parcerias

O secretário executivo da Setas, Tiago Costa, informou que, em três meses, mais de 180 mil famílias foram beneficiadas com a distribuição de 3. 060 toneladas de alimentos e itens de higiene. Primeiramente, foi atendida a população idosa; logo em seguida, foram atendidos as famílias vulneráveis e os trabalhadores afetados pela pandemia, por meio dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), dos 139 municípios. “Mais de 180 mil cestas básicas já foram entregues até o momento”, pontuou.

O Governo fez parcerias com associações, igrejas e sindicatos, entre outras instituições, para a entrega das cestas às famílias que precisavam.
Outras parcerias foram sendo construídas com órgãos estaduais, a exemplo da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), para atender músicos, artesãos, foliões, barqueiros e guias turísticos, entre outros profissionais.
Assentamentos e comunidades rurais

Também em ação conjunta entre Setas e Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), estão recebendo cestas básicas as famílias que moram em assentamentos e comunidades rurais, em todo o Estado.

Estudantes

Em parceira com a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), a Setas vem distribuindo cestas básicas para famílias de estudantes, das redes municipais de ensino. Na primeira etapa, foram beneficiadas as famílias de mais de 21 mil alunos, no município de Araguaína.

Reeducandos

Outra parceria fundamental, para a logística de entrega de cestas básicas, foi construída com a Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), considerando a entrega de cestas básicas para famílias de reeducandos, pessoas que cumprem determinação judicial, em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

Acadêmicos

Ao atender a demanda do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), o Governo do Tocantins distribuiu cestas básicas para alunos em vulnerabilidade social e econômica daquela instituição. Foram atendidos alunos dos cinco câmpus, localizados em Augustinópolis, Araguatins, Dianópolis, Palmas e Paraíso do Tocantins.

Tiago Costa destacou a importância das parcerias na logística de distribuição, para que as famílias que estão em situação de vulnerabilidade no Estado recebam os alimentos e os itens de higiene em bom tempo. “Receberam cestas básicas, famílias de profissionais autônomos, famílias que estão inscritas no Cadastro Único, entre outras famílias, nos 139 municípios do Estado”, informou.  

Entenda

Desde março deste ano, quando a pandemia da Covid-19 foi declarada, o Governo do Tocantins colocou em prática diversas ações de prevenção e combate ao novo vírus. Além disso, determinou à sua equipe que oferecesse assistência às pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade social e também às que foram atingidas pelos efeitos da crise. Com isso, o Governo do Tocantins fez a aquisição de 200 mil cestas básicas que estão sendo entregues nos 139 municípios do Estado.

Cesta básica

Cada cesta básica contém: Um pacote de arroz (5 kg) agulhinha especial, tipo 1; um pacote (2 kg) de açúcar cristal; 1 pacote (1 kg) de feijão carioca; um pacote (250 gramas) de café torrado e moído; uma garrafa pet (900 ml) de óleo de soja; um pacote (500 gramas) de macarrão espaguete; um pacote (350 gramas) de extrato de tomate; um pacote (1 kg) de sal refinado; 1 lata (125 gramas) de sardinha; um pacote (400 gramas) de biscoito doce tipo maisena; um pacote (500 gramas) de flocão de milho; um pacote (250 gramas) de sabão em barras, com cinco unidades; duas unidades (90 a 100 gramas cada) de sabonete e duas unidades (90 gramas cada) de creme dental, com flúor.

Recurso Fecoep-TO

O recurso oriundo do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep-TO), baseado na Lei n° 3.015, de 30 de setembro de 2015, considerando a decisão plenária do dia 23 de março de 2020 (Resolução nº 01/2020 de 31 de março de 2020), que aprovou a destinação de recursos financeiros a Órgão Público Estadual para execução de projeto social com vistas a combater e erradicar a pobreza, por meio da distribuição de 200 mil cestas básicas à população carente, atingida pela recessão econômica, que se vislumbra, haja vista a pandemia do novo Coronavírus, causador da Covid-19.
Recurso de Emendas parlamentares
Desde o início de junho, a Setas vem atendendo emendas parlamentares, de deputados estaduais, para a aquisição de alimentos destinados para a população afetada pela Covid-19. O Governo do Tocantins, por meio da Setas, faz a aquisição das cestas e efetua as entregas dos kits para os municípios que o recursos foram destinados.