Publicidade

COM UNIÃO VAMOS VENCER

Médicos de Gurupi faz um apelo à população: “Não podemos baixar a guarda”

08/04/20 08:08:45 | Atualizado em: 08/04/20 08:08:45

Mesmo sem nenhum caso confirmado de Covid-19 em Gurupi até esta terça-feira (07), os médicos membros do Comitê Gestor de prevenção e combate ao coronavírus no município pedem para que a população continue cautelosa. A classe médica alerta que o momento não é de “baixar a guarda”, mas de seguir atentos às recomendações dos especialistas.

O médico e membro do Comitê Gestor, Dr. Maurício Nauar, destacou a importância das medidas de suspenção e restrição que o poder público vem adotando. “Hoje a situação positiva que atravessamos em Gurupi é graças as medidas preventivas que foram implementadas nas últimas semanas e conseguimos coibir o crescimento do vírus logo no início. São frutos que plantamos anteriormente e que estamos colhendo hoje”, afirmou.

Nauar salienta que a saúde é mais importante neste momento e pede que a população fique em casa. “O vírus precisa de um outro organismo vivo para se replicar e se manter vivo. Se não tivermos aglomerações e esse vírus não conseguir passar, ele vai acabar morrendo e é esse nosso objetivo. Vamos continuar evitando as aglomerações porque aí não teremos o desenvolvimento e a replicação do vírus e ele vai acabar.

É isso que o poder público vem fazendo, evitando aglomerações”, pontuou. “Fique em casa, esse é o meu pedido como médico”, concluiu o Dr. Maurício.
Para o infectologista do município e membro do Comitê, Dr. Takachi Junior, é fundamental manter o isolamento social.

“Não temos até o momento nenhum caso confirmado, mas se chegarmos a ter um caso de Covid-19 circulando na comunidade poderá ser que o número de casos exploda e, como é uma doença de transmissão rápida, a rede não terá condições de atender uma grande quantidade de pessoas, por isso ainda é muito importante o isolamento”, reforçou.

O infectologista explica que é de extrema importância Gurupi continuar mantendo suspensas as aglomerações de pessoas, seja em qualquer atividade, e as restrições ao funcionamento de parte do comércio. “As pessoas precisam continuar se conscientizando a respeito de todas as medidas de segurança, o momento é de cuidado, não é indicado relaxar só porque não temos caso confirmado.

É importante que a população siga as medidas de higienização pessoal, evite aglomerações e contato com outras pessoas, mantenha sempre a distância de 1 a 2 metros e só saia de casa se for realmente necessário”, alertou.

Dr. Takachi completou dizendo que todos precisam estar alertas para combater o coronavírus. “Mantendo as restrições e seguindo os cuidados, estaremos preparados e o impacto será menor, caso a doença chegue aqui”, finalizou.

O Coordenador da UTI do Hospital Regional de Gurupi e também membro do Comitê, Dr. Juan Carlos Rios, defende que o isolamento social é a principal arma para combater a Covid-19. “Todos precisam entender que o perigo da Pandemia ainda não acabou. Ela já está bem próxima, com casos confirmados em nosso Estado.

Embora mesmo sem nenhum caso confirmado em Gurupi, não podemos baixar a guarda, necessitamos ainda ficar preocupados e atentos”, orientou.

O Dr. Juan Carlos pediu ainda que a população leve a sério todos os cuidados de prevenção ao coronavírus. “Muita gente precisa tirar da cabeça que o assunto não é sério, que essa doença nunca vai chegar aqui ou que o calor vai matar o vírus, tem que evitar esse tipo de pensamento, todo mundo deve ficar vigilante”, pediu o médico.

Sobre o funcionamento do comércio em geral, Juan comentou que não é recomendável neste momento. “Teve a flexibilização de alguns comércios, mas infelizmente os estabelecimentos que envolvem risco de causar aglomerações de pessoas tem que continuar parados porque levaria a um risco iminente de disseminação da doença se retornarem”, disse.