Publicidade
Publicidade

ESTADO

Governo inicia manutenção da TO-335

17/01/20 15:20:33 | Atualizado em: 17/01/20 15:20:33

Governo do Tocantins, por meio da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto) deu início, nessa quinta-feira, 16, a manutenção da rodovia TO-355, e a equipe de manutenção permanecerá durante seis meses no trecho de Palmeirante até a ponte da divisa com o Pará, em Couto Magalhães.

A medida visa manter os serviços de tapa-buracos, diariamente, em todo o trecho composto por 124 km, durante o período da safra de grãos. A rodovia é a mais movimentada no transporte de grãos no Tocantins, pois recebe o escoamento de parte da produção agrícola do Mato Grosso, região sul do Pará e grande parte da safra do próprio Estado.

Por dia são mais de 350 caminhões do tipo bitrem carregados de grãos que fazem o transbordo da carga aos trens no Pátio Multimodal em Palmeirante (TO). “A rodovia além de não ter sido construída, à época, para esse tipo de carga pesada, está servindo atualmente como rodovia federal, aí não suporta esse movimento todo”, explica o coordenador da Residência da Ageto em Guaraí, Antônio Martins Pereira.

“O trecho tem sua situação agravada no período da safra de grãos e, além dos cuidados com os buracos, os motoristas devem se atentar à presença da equipe de manutenção na rodovia com a intenção de evitar acidentes”, alerta a secretária da Infraestrutura e presidente da Ageto, Juliana Passarin.

Outros serviços

A equipe de técnicos da Ageto iniciou os trabalhos com a colocação de pedras nos buracos do pavimento, mas a partir da próxima segunda-feira, 20, começará a colocar a emulsão asfáltica por cima.

Além de tapar os buracos também serão realizados serviços de roçagem e limpeza das sarjetas e meios-fios da rodovia para evitar acumulação de água pluvial. Também será realizada manutenção nas saídas de água do leito (pavimento), para evitar desmoronamentos na estrutura da base da rodovia.

 A equipe vai ficar indo e voltando no trecho para sanar a necessidade de tapar os buracos que vão se abrindo com as chuvas e tráfego pesado.