Publicidade
Publicidade

BRK AMBIENTAL

Saneamento básico pode prevenir avanço da dengue

15/01/20 10:15:58 | Atualizado em: 15/01/20 10:15:58

Sandra Leal, engenheira da BRK Ambiental, explica que quando as pessoas possuem acesso à serviços de saneamento básico, há um risco menor da proliferação do mosquito. “O mosquito da dengue também pode se desenvolver na água suja, por isso é extremamente importante que a população tenha acesso à serviços de coleta de esgoto, para que esses resíduos não fiquem acumulados nas vias públicas, servindo de criadouro”.
 
A especialista reforça que, com acesso aos serviços de saneamento básico a qualidade de vida da população melhora consideravelmente. Além disso, a implantação desses serviços reduz gastos com saúde pública e preservação do meio ambiente.
 
Palmas é a cidade do Tocantins com maior cobertura de fornecimento de água tratada e esgoto tratado, o que contribui com a prevenção da dengue. No entanto, outros serviços de saneamento, a exemplo da coleta de lixo, têm grande impacto na proliferação do mosquito transmissor da doença”.

O Ministério da Saúde realizou um levantamento que indicou que a incidência de casos de dengue aumentou mais de 300% em 2019, causando um surto da doença em várias regiões do país. No Tocantins, a superintendência de Vigilância e Saúde informou que no último ano houve um aumento de 442% no número de casos de dengue.
 
A maneira mais eficiente de combater a doença é eliminar a proliferação do mosquito Aedes Aegypti. É preciso acabar com os ambientes que facilitam a reprodução do mosquito. Nesse caso, o saneamento básico é um contribuinte essencial. Sem ele, as chances das cidades terem surtos de dengue são maiores.