Publicidade

RECUPERAÇÃO DE ÁREA DEGRADADA

Governo e ONG americana iniciam plantio de dez mil mudas

14/01/20 22:54:55 | Atualizado em: 14/01/20 22:54:55

O CEO da ONG, Jon Chambers, veio ao Tocantins para acompanhar de perto o trabalho de restauração, fala sobre essa parceria. “O programa é bem sucedido porque os pequenos proprietários entendem a necessidade, o governo se movimenta para produzir as mudas e a gente entra com o custeio da mão-de-obra em todo o processo de plantio. Então é uma importante parceria que está reconstruindo o ecossistema q foi destruído e ainda favorece na criação de novos empregos para a comunidade. Hoje nós somos a única empresa internacional americana que está com esse convênio direto, e pondo a mão na massa em conjunto com vocês [Governo], fazendo a planta ir para o chão. Estamos produzindo vídeos que vão ser transmitido no mundo inteiro e, estrategicamente, isso vai dar mais visibilidade ao projeto de parceria com o governo, atraindo novos investidores e oportunidades para o Estado”, reforçou.

Uma importante parceria entre o Governo do Tocantins e a Organização Não Governamental (ONG) norte americana 8 Billion Trees vai mudar a paisagem da região do Taquaruçu Grande, em Palmas, com a implementação do projeto de restauração de área degradada. Na manhã desta terça-feira, 14, uma força-tarefa, conduzida pela ONG, por meio da empresa terceirizada K3 Consultoria Ambiental, e representantes da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) e do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), realiza o plantio de dez mil mudas de árvores nativas na região, inserida na Área de Proteção Ambiental (APA) Serra de Lajeado.Inicialmente serão três propriedades beneficiadas com este plantio, que contempla ainda o projeto de Restauração Ecológica e Econômica em Áreas Degradadas e Alteradas no Estado do Tocantins (Restaura-TO), executado pelo órgão rural.

Neste projeto, coordenado pelo engenheiro florestal, Ricardo Haidar, foram feitos o preparo das áreas para o recebimento das mudas e sementes.Para a ONG 8 Billion Trees, além dessa ação, a expectativa é o plantio de 50 mil árvores em distintas regiões do Tocantins, incluindo os parques estaduais do Cantão e Lajeado e a área quilombola Barra da Aroeira.

Para isso, pretendem também investir na reestruturação do Viveiro Florestal que já está instalado no Parque Estadual do Lajeado, em Palmas, que servirá para a produção das mudas.Para Rui Bucar, proprietário da Estância Marina, que está recebendo o primeiro plantio, esta é uma oportunidade de mostrar todo o esforço do chacareiro em cuidar da região que é responsável pelo abastecimento de água de Palmas.8 Billion TreesA 8 Billion Trees apoia o plantio de árvores em todo o mundo, fornecendo ajuda financeira a vários grupos e instituições de caridade.

Além disso, também financia a conservação das florestas existentes para ajudar a proteger os animais que estão em grave perigo de destruição de habitat.Até o momento, a empresa já plantou mais de 644.212 árvores em todo o mundo e apoia a conservação de mais de 83 mil acres de floresta existente. Além disso, financia um Centro de Conservação da Vida Selvagem próximo à Floresta Amazônica, onde salva animais feridos. (Com informações da 8 Billion Trees) 

Ações do Ruraltins

Além dessa ação, o Ruraltins também implementa outras iniciativas voltadas para a recuperação de área degradadas, dentre elas o plantio e recuperação da cabeceira do Córrego Sussuapara; a adoção de área próximo à sede, com plantio de mudas nativas, o plantio de arroz consorciado ao capim brachiara, com uso da Tecnologia clifield, visando a recuperação da pastagem.