Publicidade
Publicidade

Senado

Kátia critica proposta do governo de cortar 45% no orçamento da Embrapa para 2020

09/10/19 14:41:25 | Atualizado em: 09/10/19 15:02:34

Na reunião da Comissão Mista de Orçamento (CMO) do Congresso Nacional, a senadora Kátia Abreu (PDT-TO) criticou a intenção do governo Federal de cortar 45% dos recursos da Embrapa para 2020. A proposta ainda será analisada pelo colegiado, do qual a parlamentar faz parte. Em 2019, o governo federal destinou à Embrapa R$3,6 bi. Com a nova proposta, em 2020 seriam repassados R$1,9 bilhão.

Ex-ministra da Agricultura, Kátia Abreu falou  sobre a importância das pesquisas desenvolvidas pela Embrapa nas últimas décadas para o crescimento da produção agropecuária.

“Quando o assunto é inovação, não falamos em gasto mas sim em investimento. Quanto mais pesquisa, maior produtividade e maior retorno para a economia. A Embrapa desempenhou e desempenha papel fantástico no desenvolvimento da agropecuária brasileira”, defendeu.

Kátia Abreu disse ainda entender as críticas de pessoas que alegam que a Embrapa não é mais a mesma. Para ela, a estatal mudou ao longo dos anos justamente por um enxugamento nos recursos, o que dificulta ampliação das pesquisas.

“Ao invés de criticar e retirar recursos, precisamos é buscar lá fora os melhores modelos de modernização e ajudar a Embrapa. Eu me alio a outros parlamentares para exigir que a nossa Embrapa tenha condições de seguir ajudando o Brasil", disse.