Publicidade

JOGOS ESCOLARES

Delegação amazonense desembarca em Palmas

11/09/19 10:25:27 | Atualizado em: 11/09/19 10:38:21

Formada por 160 pessoas, entre atletas, técnicos e dirigentes, a delegação do Amazonas desembarcou na manhã desta quarta-feira, dia 11, em Palmas (TO), onde disputa a etapa Regional Verde dos Jogos Escolares da Juventude. A competição classifica os campeões e vice-campeões nos 16 torneios de basquete, futsal, handebol e vôlei (masculino e feminino e em duas faixas etárias: 12 a 14 e 15 a 17 anos).

A delegação amazonense conta com nove equipes de unidades da rede estadual de ensino, sendo quatro de Manaus e cinco dos municípios de Parintins, Barcelos, Coari e Humaitá, e seis particulares. Escolas tradicionais como o Centro Educacional La Salle, de Manaus, participam da competição nacional todos os anos. Três times de basquete (infantil masculino e feminino e juvenil masculino) e o vôlei juvenil (15 a 17 anos) feminino buscam vaga para a etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude, de 16 a 30 de novembro, em Blumenau (SC).

“Temos 28 professores de educação física na escola. São 2.700 alunos, sendo 2.400 matriculados nas escolinhas esportivas e artísticas. Trabalhamos com 15 modalidades e vamos lutar para conquistar o máximo de vagas possíveis para a etapa nacional”, explicou o coordenador do setor de Esportes e Artes da instituição, Claudomir Vasconcelos, de 42 anos, 12 deles dedicados ao La Salle.

Equipes estreantes como a da Escola Estadual Angelina Palheta Mendes, de Barcelos (AM), de handebol feminino (12 a 14 anos) também participa da competição. A equipe, que encarou 22 horas de barco para Manaus, enfrentou uma viagem de avião pela primeira vez na vida e agora descansa para estrear nos Jogos Escolares nesta quinta-feira, 12, sempre com entrada franca para todo o público.

“Parece que estou vivendo um sonho. Nunca imaginei que estaria aqui disputando uma competição fora do Estado no meu primeiro ano como atleta de handebol”, disse a jovem Jhenifer, de 12 anos, que completa 13 no próximo dia 17. “Se a gente conseguir a vaga para a etapa nacional eu quero dedicar para todas as outras meninas da escola que queriam estar aqui conosco e jogar com a gente”.

A capitã do time, Herminia Garcia dos Santos, de 14 anos, e a goleira Alana Janieli, de 13, não escondem a ansiedade. “Vamos mostrar que temos capacidade para conquistar o título”, disse Herminia. “Vai ser muito difícil, mas estamos preparadas. Treinamos juntas desde o início do ano, ganhamos o título estadual e agora queremos representar bem o nosso Estado”, afirmou Alana.



O representante do Estado no handebol masculino de 12 a 14 anos é a Escola Municipal Domingos Agenor Smith, de Coari (AM). A equipe se tornou bicampeã estadual. No ano passado, cinco atletas da equipe disputaram a etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude, em Natal (RN).

Uma viagem inesquecível para o goleiro Guilherme Moreira, de 14 anos: “Foi uma experiência incrível, a primeira vez que eu vi o mar, mergulhei. Meu irmão foi campeão dos Jogos Escolares em 2017, em Brasília. O nome dele é Braslley, é goleiro e também começou no esporte com o professor Osnei. Quem sabe eu não levo outra medalha para casa”.



Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), com patrocínio da Coca-Cola, parceria da Ajinomoto e do Grupo Globo, e apoio da Prefeitura Municipal de Palmas.