PALMAS

ETI Anísio Teixeira recebe visita de representante do I Colégio da PRF

14/08/19 09:51:19 | Atualizado em: 14/08/19 09:51:19

O diretor-geral do Colégio PRF Antônio Félix Filho que será implantado na cidade do Rio de Janeiro, Felipe Magalhães Castro, esteve na manhã desta terça-feira, 13, visitando a Escola Municipal de Tempo Integral (ETI) Anísio Teixeira Spínola para conhecer a estrutura, projetos e práticas pedagógicas do sistema educacional aplicadas na unidade escolar com vistas à implantação de um Colégio de Ensino Médio de Tempo Integral que será dirigido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) naquela cidade.

Castro foi recebido pelo diretor da ETI, Zandonaide Bezerra Sales, e pelo chefe do Sistema de Gestão de Trânsito da PRF, Almir Eustáquio da Silva, além de técnicos da unidade escolar. Na oportunidade, foram apresentados ao diretor, além da rotina diária da unidade escolar, os projetos pedagógicos desenvolvidos em parceria com a PRF, a exemplo do Festival Estudantil Temático de Trânsito (Fetran), bem como toda a infraestrutura da escola e seus espaços.

O supervisor Almir Eustáquio falou sobre a parceria com a educação municipal e como se deu sua implantação. “Nós escrevemos o projeto junto com a Secretaria da Educação, mas o projeto aconteceu efetivamente aqui no chão da escola, a partir das contribuições de todos os professores e da vivência em comunidade. Então o projeto, apesar de ter sido esboçado antes, quando chegamos à escola é que fomos formatando de fato esse projeto”.


Segundo Castro, a implantação do primeiro colégio da PRF no Rio de Janeiro é parte de uma ação da Superintendência da PRF para aproximar o entorno da instituição com a criação de um colégio. “Nós sabíamos que existia um projeto muito parecido com aquilo que queríamos implementar aqui em Palmas, e por isso estamos aqui, para conhecer essa realidade e saber quais foram as principais facilidades e dificuldades encontradas pela PRF na formação dessa parceria com vistas a buscar as boas práticas para que possamos aplicar em nosso colégio”, afirmou.



De acordo o diretor, o colégio iniciará suas atividades em 2020 e será vocacionado aos esportes. O Colégio será dirigido pela Polícia Rodoviária Federal em parceria com o corpo docente da Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro (Seeduc - RJ).