EDUCAÇÃO

Educadores celebram conclusão de pós-graduação Lato Sensu ofertada pela Prefeitura Municipal

14/03/18 15:49 | Atualizado em: 14/03/18 15:49

A noite desta terça-feira, 13, foi de comemoração para 95 educadores da Rede Municipal de Ensino que concluíram o curso de pós-graduação Lato Sensu promovido pela Prefeitura de Palmas, por meio do Programa de Modernização da Gestão em Educação. Os educadores receberam a certificação de especialistas em Formação de Gestores Educacionais e Formação de Professores da Educação Básica com Ênfase em Diretrizes Curriculares.

A formação que envolveu gestores escolares, professores e técnicos educacionais iniciou ainda em 2013, quando a Prefeitura selecionou 121 educadores para visitarem quatro países (Coreia do Sul, Finlândia, Itália e Singapura) e conhecerem o modelo de educação adotado em cada País, os quais apresentavam os melhores índices educacionais, conhecidos por meio do Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa). As missões internacionais tiveram como objetivo, preparar os profissionais da educação básica do Município, dotando-os de conhecimentos técnicos essenciais sobre gestão pública, aperfeiçoando-os para o desempenho efetivo de liderança, de forma a garantir uma gestão de excelência nas escolas da rede pública de Palmas.

Em sua fala, Amastha relembrou a experiência vivida em cada País pelo grupo de educadores e afirmou que não viu nada que não fosse possível ser implantado em aqui. “Eu acompanhei vocês nas quatro viagens e não vi nada, em nenhum lugar, como vocês também não viram, que não fosse possível a gente superar. O que vimos nesses países foi uma decisão da nação de transformar os seus países por meio da educação, e nós temos a oportunidade de construir em Palmas essa pátria educadora de excelência. Por isso, tenham certeza que o que estão fazendo pelo futuro dessa cidade está escrito, a transformação que essa cidade vem vivendo através dos tempos, depende exclusivamente desse trabalho brilhante que a educação de Palmas vem fazendo”.

Para o secretário municipal da Educação, Danilo Melo, esse é um projeto de vanguarda, que teve como objetivo fundamental levar os educadores a conhecerem as experiências exitosas de outros países. “As quatro missões tiveram um objetivo fundamental, levantar nesses países as melhores experiências para que cada educador pudesse trazer para Palmas os melhores resultados, as melhores ideias, copiássemos as melhores práticas. Eles viajaram para conhecer o que há de melhor na educação e de lá para cá Palmas cresceu bastante do ponto de vista da qualidade e da inclusão educacional e para nós isso é uma demonstração clara de que valeu muito a pena esse investimento na política pública”, afirmou.

Falando em nome dos formandos, Irmânia Fontes agradeceu ao prefeito Carlos Amastha pela oportunidade do aperfeiçoamento profissional alcançado. “Estamos felizes e procurando, da melhor forma, dar à educação de Palmas, o retorno do investimento que foi feito em cada um de nós pelo cidadão palmense. Os países visitados nos serviram de fonte de inspiração. Cabe a cada um de nós a continuidade do processo, implantando, avaliando e autoavaliando”, declarou.

Uma das integrantes da missão Finlândia, Aclenes Gomes Barbosa destacou que conheceu um modelo de educação de primeiro mundo, ideal, e que trouxe muitas experiências na bagagem. “Ao participar desse projeto ousado do nosso prefeito, eu ganhei muita experiência tanto para minha vida profissional quanto pessoal, porque além do conhecimento agregado à minha profissão ainda tive a oportunidade de conhecer um outro país uma nova cultura”, comemorou.

A solenidade de formatura foi realizada na sede do Gabinete II, no Orquidário Municipal e contou com a presença da coordenadora dos cursos, professora Denise Raposo, representante da Faculdade Unyleya de Brasília, responsável pela diplomação dos formandos.