Concurso

Petição online pede anulação do concurso da Polícia Militar e já conta com 22 mil assinaturas

13/03/18 16:52 | Atualizado em: 13/03/18 16:52

Após a localização de um aparelho celular dentro de um banheiro de uma escola onde também foi aplicada as provas do concurso da Polícia Militar no último domingo, 11, em Araguaína, uma petição pública online já conta com a assinatura de quase 22 duas mil que requerem a anulação do certame.

O abaixo-assinado pede que o Ministério Público do Tocantins apure os fatos. Com a comprovação dos mesmos, a solicitação quer a anulação do concurso e investigação através de um procedimento administrativo.

Como foi noticiado, um relatório policial afirma que o celular apreendido teria supostos gabaritos de duas provas do concurso público. O aparelho estava escondido dentro de uma sacola no cesto de lixo do banheiro masculino.

Os gabaritos do certame foram fotografados e anexados à petição. O edital da prova proibia o uso de meios de consulta. O abaixo-assinado ressalta a falta de segurança na realização do certame.

Até o momento, nem a Polícia Militar, nem a banca do concurso, AOCP se pronunciaram sobre o ocorrido.   A petição pode ser acessada neste link