Publicidade

ESTADO

Especialistas acompanham projeto “Palmas livre da Hanseníase”

A capacitação teve início em março e com duração prevista de quatro meses

30/05/16 14:41 | Atualizado em: 30/05/16 14:41

A epidemiologista e hansenóloga Vera Andrade encontra-se em Palmas esta semana para acompanhar o projeto Palmas Livre da Hanseníase, desenvolvido pela Área Técnica da Hanseníase com apoio da Fundação Escola de Saúde Pública – Palmas (FESP), que está no seu segundo mês de execução, com a qualificação dos profissionais que visa aumentar a resolutividade e a integralidade do cuidado de pacientes com hanseníase e seus comunicantes aprimorando a competência clínica e de cuidado integral desses profissionais.



A organização da rede para as práticas de saúde em territórios vivos associados ao Plano de Educação Permanente em Saúde são os alicerces para o desenvolvimento do projeto “Palmas Livre da Hanseníase”.



A capacitação teve início em março e com duração prevista de quatro meses e é realizada em cada uma das Unidades de Saúde da Família da Capital, sendo que nesta semana o dermatologista e hansenólogo, Jailson Barreto, também está visitando todas as unidades de saúde conhecendo cada paciente e avaliando juntamente com os profissionais médicos e enfermeiros das Unidades Básicas de Saúde.



Ao final desse trabalho espera-se o como produto a construção de um termo de cooperação técnica entre a Saúde de Palmas/FESP e OPAS na articulação das ações interfederativas e regionais de controle e avaliação de casos de hanseníase.