Publicidade
Publicidade

RURALTINS

Ruraltins participa da semana dos alimentos orgânicos

A Semana dos Alimentos Orgânicos tem atividades em todo País

29/05/16 17:39 | Atualizado em: 29/05/16 17:39

Juliano Ribeiro
Com o tema Educar para Colher Sustentabilidade no Campo e na Cidade, será realizada, entre os dias 30 de maio e 3 de junho, a 12ª Semana dos Alimentos Orgânicos. O Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins) participa da iniciativa com ações em Palmas, Dianópolis e Araguaína.

De acordo com Dryelly Rodrigues, técnica de Meio Ambiente do Ruraltins, este ano, a semana pretende sensibilizar a sociedade quanto ao consumo dos alimentos orgânicos, esclarecendo ainda sobre as características e os benefícios desses produtos. “Para chamar a atenção dos adultos, como também das crianças, dentro da programação, vamos iniciar um projeto modelo de implantação de hortas orgânicas, em três escolas da Capital, nas regiões sul, central e norte. Além de realizar trabalhos de educação ambiental, fórum de vigilância e saúde ambiental do trabalhador, com oficinas de defensivos naturais, visitas técnicas, dentre outras ações”, destacou.

Segundo a técnica, o Ruraltins é um dos grandes incentivadores da produção orgânica, no Estado, principalmente com os agricultores familiares, público-alvo do atendimento do órgão. “A produção de alimentos orgânicos está relacionada à qualidade de vida do agricultor e também com a preservação do meio ambiente. Nesse sentido, a extensão rural desenvolve um trabalho de conscientização, por meio de palestras, dias de campo, seminários, oficinas, orientações técnicas e incentivamos a certificação dos produtos”, disse.

Produção A área de orgânicos no Brasil é de cerca de 750 mil hectares, contando com mais de 10 mil produtores e aproximadamente 13 mil unidades de produção.

A Semana dos Alimentos Orgânicos tem atividades em todo País, sendo coordenada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), em parceria com os estados. No Tocantins, as ações serão realizadas em conjunto pelo Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), pela Secretaria de Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro), pela Secretaria da Educação, Juventude e Esportes, pela Prefeitura de Palmas e pela Superintendência Federal da Agricultura.